VISUALIZAÇÕES DE PÁGINA

Correio Do Autor

assuncaopontopaulinhoarrobagmailpontocom

quinta-feira

[NOTAÇÕES PARA UM TRATADO ORGÍACO DA POESIA BRASILEIRA]

[a linha evolutiva da poesia brasileira. 
a linha involutiva da poesia brasileira. 
a linha cortada da poesia brasileira. 
a linha sinuosa da poesia brasileira. 
a linha frouxa da poesia brasileira. 
a linha tesa da poesia brasileira. 
a linha inexistente da poesia brasileira. 
a linha falsária da poesia brasileira. 
a linha dondoca da poesia brasileira. 
a linha socialite da poesia brasileira. 
a linha carola da poesia brasileira. 
a linha de pai para filho da poesia brasileira.
a linha complacente da poesia brasileira. 
a linha hipócrita da poesia brasileira. 
a linha comparsa da poesia brasileira. 
a linha arrebentada da poesia brasileira. 
a linha pueril da poesia brasileira. 
a linha instagram da poesia brasileira.
a linha lânguida da poesia brasileira. 
a linha lustrosa da poesia brasileira. 
a linha perfumada da poesia brasileira. 
a linha higiênica da poesia brasileira. 
a linha separatista da poesia brasileira. 
a linha em cizânia da poesia brasileira. 
a linha desbocada da poesia brasileira. 
a linha sem rumo da poesia brasileira. 
a linha acadêmica da poesia brasileira. 
a linha gerundial da poesia brasileira.
a linha escrita criativa da poesia brasileira.
a linha faculdade de letras da poesia brasileira.
a linha guerrilheira da poesia brasileira. 
a linha anacrônica da poesia brasileira. 
a linha sincrônica da poesia brasileira. 
a linha selfie da poesia brasileira.
a linha demente da poesia brasileira.
a linha senil da poesia brasileira.
a linha nobiliárquica da poesia brasileira.
a linha contrabandeada da poesia brasileira. 
a linha em guetos da poesia brasileira. 
a linha de compadres da poesia brasileira. 
a linha douta da poesia brasileira. 
a linha. outra linha. 
a não-linha. 
a linha do sim e a linha do não. 
etc.]

Nenhum comentário:

Postar um comentário