VISUALIZAÇÕES DE PÁGINA

Correio Do Autor

assuncaopontopaulinhoarrobagmailpontocom

sexta-feira

[POÉTICA]

[a frase tinha uma emboscada: era frase 
aos modos de carlo emilio gadda. 
há joyce no dia que nasce. há proust no dia
que anoitece. de rosa, eu puxo a linha: 
vem no anzol a sílaba que se quer doce. 
de lacan, trago o nó de borromeu que o nada 
enlaça. de joão cabral, a consoante áspera.]

Nenhum comentário:

Postar um comentário