VISUALIZAÇÕES DE PÁGINA

Correio Do Autor

assuncaopontopaulinhoarrobagmailpontocom

quarta-feira

[ATICEI O PENSAMENTO PARA NOIVAR COM A POESIA]

[aticei o pensamento para noivar
com a poesia. eu disse: 
"vai, pensamento, vai, 
que a filosofia seja noivante,
é só dizer ao sócrates, ao platão,
ao marx, é só dizer que agora,
dagora em diante, o pensamento
está em núpcias com a poesia".

o que dizer ao leibniz? mônadas.
ao spinoza? proposições, demonstrações,
hipóteses. ao rené descartes? abaixo
o método. eis o idílio sem martírio:
o pensamento com a poesia
na ponte dos amantes em doce e grã orgia.

levar a lógica para brincar de esconde.
a dialética para acrobacia. o circo
há de abrigar a tese e a antítese, e um balão
ao céu, látex cadente, com um estouro
vai fragmentar a síntese.

que os doidos todos se acheguem a tal 
quermesse. em rodopio, eis o pensamento 
embriagado de alegria. e a noite inteira, 
por baco, vai se enredar com a poesia.

pensar e cantar. pensar e brincar. a cada louco
um invento. tal e qual heráclito soltaria o anzol
no rio novo a cada minuto. louvores de noivos
para saudar o absurdo, para elogio do estranho,
eis, amigos, os amores namorantes 
do pensamento com a poesia.]

Nenhum comentário:

Postar um comentário